Quatro erros comuns na prova de inglês do Enem (E COMO FUGIR DELES!)

Você provavelmente já começou a estudar para o ENEM, talvez já tenha até feito a prova pra praticar. Está na hora de conhecer um pouco mais sobre uma disciplina que faz toda a diferença na hora do resultado final: a prova de Inglês. Ela é a opção de muita gente na hora de selecionar a língua estrangeira, uma prova simples e fácil de se preparar, mas ainda tem gente caindo em alguns erros na hora de resolver essas questões. Aprenda a fugir dos quatro principais erros da prova de Inglês do ENEM nesta postagem! Para isso, vamos a alguns fatos:

Fato 1: A prova é de interpretação.

Verdade verdadeiríssima!

ERRO: aqui muita gente se engana feio (principalmente o aluno que tem um inglês bom!) Ele acaba cometendo um dos principais erros dessa prova: sai lendo o texto e procurando a opção que melhor resume o que entendeu; e nem sempre é “por aí que a banda toca”. Em alguns casos, o examinador até pede uma compreensão geral do texto, nessas questões você vai encontrar no enunciado palavras-chave, como: ‘o autor/narrador busca’ ou ainda ‘a intenção do texto’. Mas cuidado, na maioria das vezes, o examinador vai  pedir uma informação bem especifica do texto, vale seguir a regra abaixo:

NÃO QUEIME A LARGADA LENDO BONITINHO O TEXTO DE INGLÊS SEM SABER O QUE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO!

Fato 2 – Não tem gramática na prova de inglês.

É verdade que a prova em si não exige que você utilize gramática nas respostas.

ERRO: Se você saiu comemorando esse fato, volte duas casas. Acreditar que leitura é uma coisa e gramática é outra é uma visão bem perigosa pra quem quer ter sucesso na prova. Um texto não é uma parte isolada de uma língua, ele é a língua em uso; e se você tem um inglês básico, a melhor maneira de aperfeiçoar seus conhecimentos é estudar a língua, a estrutura, as diferenças de uso. Em geral:

ESTUDAR GRAMÁTICA CONFERE BASE, VOCABULÁRIO E PREPARA PARA SER UM BOM LEITOR NA PROVA, ESPECIALMENTE QUANDO VOCÊ É INICIANTE NOS ESTUDOS DE INGLÊS.

Fato 3: são cinco questões apenas.

Verdade! Prova curtinha!

ERRO: Aqui o grande vilão está em acreditar que são ‘SÓ cinco questõezinhas’! Talvez você já tenha lido sobre, mas a nota do Enem não necessariamente corresponde ao número de questões que a pessoa acerta; isso porque o cálculo é feito com base num parâmetro chamado TRI (Teoria da Resposta ao Item), que, de uma maneira simplificada, não corresponde a quantas questões você acerta, e sim a quais. Dessa maneira, dois estudantes que acertaram o mesmo número de questões (por exemplo, 5) numa determinada área, poderão ter notas diferentes, aquele que acertou só as questões mais fáceis terá uma nota maior do que aquele que acertou cinco questões, todas de nível difícil. Isso porque aquele que acertou as fáceis demonstrou estar coerente com seu nível de conhecimento, já aquele que errou questões fáceis e acertou apenas difíceis provavelmente conseguiu o resultado através de bons “chutes”, acabando com uma nota menor. Vale caprichar nas questões de inglês, pra ficar com um balanço bacana no TRI de Linguagens.

UMA PROVA DE INGLÊS “BEM FEITA” É A CEREJA DO BOLO T.R.I!

Fato 4: Prova de leitura é mais fácil.

Uma verdade parcial. De fato, é mais fácil você interpretar o que já está pronto em inglês do que produzir em língua estrangeira, mas…

ERRO: Ler é fácil pra quem LÊ! Parece muito óbvio, mas é que nesse quesito tem gente que simplesmente confia tanto na simplicidade da prova e no fato de que são cinco textos curtinhos, que o primeiro texto em inglês do ano é a questão UM de língua estrangeira. Não dá para achar que vai ser milagrosamente fácil e que, em novembro, você vai aprender a ler em inglês. Ler é processo – e um processo muito trabalhoso para a maioria das pessoas. Por menos agradável que isso soe, é muito fácil ser analfabeto funcional em outra língua, é possível juntar as palavras, entender a tradução e, mesmo assim, não conseguir tirar sentido de um texto. Não dá pra deixar para a hora da prova. Comece a ler em inglês, não precisa nem ser as provas antigas, pode ser um site de notícias, um blog de culinária, uma resenha de um novo jogo, mas leia!

LÊ BEM QUEM LÊ SEMPRE!

 

E aí, gostou? Se você ainda tem dúvidas de como estudar para a prova de inglês, siga acompanhando as postagens aqui do blog.

Até a próxima 😉

Tags:
, ,


Cadastre-se e fique
por dentro das novidades





Open chat
Agende uma visita!